Nunca use o celular se estiver dirigindo

relembre-as-principais-alteracoes-no-ctb-que-entram-em-vigor-a-partir-de-amanha

Nunca use o celular se estiver dirigindo

 

nunca-use-o-celular-se-estiver-dirigindo

O uso do celular ao volante é o tema desta semana do quadro Momento Segurança no Trânsito. O programa, desta vez, destaca também que, antes de iniciar seu trajeto, o motorista deve planejar sua rota e fazer uma seleção de músicas as quais deseja ouvir para, inclusive, não ter de acionar botões de rádios enquanto conduz o veículo, por exemplo. Outra orientação é a de que evite ouvir som em alto volume quando estiver dirigindo, uma vez que som alto pode desviar a atenção e, além disso, impedir que ouça eventuais ruídos do carro.

Especificamente em relação ao celular, lembramos que 75% das pessoas que falam ao celular enquanto dirigem não conseguem perceber pedestres, ciclistas, ou outros acontecimentos ao seu redor. Ressalta, também, que as chances de se envolverem em acidentes são maiores entre motoristas que tentam, ao mesmo tempo, dirigir e digitar mensagens de textos em seus aparelhos celulares.

Ao contrário do que podem pensar muitos – de que não se deve falar ao celular enquanto se dirige para não manter uma das mãos ocupadas -, o quadro alerta que, muito mais que isso, quando se usa celular, além de ter de segurá-lo com uma das mãos, sua visão, audição e atenção estarão ocupadas com a conversa, e não apenas com a condução do veículo.

Quando se dirige não se deve falar ao celular nem pelo bluetooth. Enquanto se fala pelo aparelho, 70% da visualização do ambiente ao redor são perdidas porque seu cérebro estará focado em falar e gesticular sobre a conversa. Além disso, a combinação celular/volante reduz em até 37% a aceleração do veículo. Portanto, se for dirigir nunca fale ao celular. Sequer o deixe ligado ou na vibração. Prefira o silencioso porque a simples vibração ou o toque podem comprometer sua atenção.

Fonte: ONSV

O artigo: Nunca use o celular se estiver dirigindo, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

Powered by WPeMatico